Em assembleias, categoria petroleira está aprovando greve a partir do dia 17 Em assembleias, categoria petroleira está aprovando greve a partir do dia 17

Diversos, Notícias | 15 de outubro de 2013

Em assembleias, a categoria petroleira está rejeitando a proposta apresentada pela Petrobrás no último dia 7 e aprovando o indicativo de greve por tempo indeterminado a partir de quinta-feira, 17. Em Minas Gerais, as assembleias estão acontecendo na Regap, com a participação dos trabalhadores da Termelétrica Aureliano Chaves e, em Montes Claros, na Usina de Biodiesel Darcy Ribeiro.

Até o momento, foram realizadas as assembleias com os Grupos 4, 2 e HA, que, por ampla maioria, seguiram o indicativo do Conselho Deliberativo da FUP. Às 15h30 desta terça-feira, 15, acontecerá com o Grupo 1 e, às 23h30, com o Grupo 5. As assembleias serão encerradas na quarta-feira, 16, às 07h30, com o Grupo 3.

Em Montes Claros, as assembleias começam às 15h30 desta terça-feira, 15, com o Grupo 1 e às 23h30 com o Grupo 5. Amanhã, às 07h30, será a vez dos trabalhadores do Grupo 3 e HA e às 15h30 do Grupo 2. Os petroleiros do Grupo 4, que estão de folga grande, devem participar em qualquer dia e/ou horário.

Além da defesa por uma proposta de ACT justa e completa, os petroleiros têm se unido às centrais sindicais e os movimentos sociais para lutar em defesa da soberania do Brasil, e, assim, barrar a entrega do pré-sal às multinacionais.  Ao longo do mês de outubro, diversas atividades estão sendo realizadas para impedir que o leilão do Campo de Libra, previsto para o dia 21, aconteça. Esse será, sem dúvida, um retrocesso lastimável que colocará em risco uma riqueza estratégica para o desenvolvimento do nosso país e do povo brasileiro.

A luta também vem sendo intensificada para derrubar o PL 4330/2004, que possibilita a terceirização sem limites, precarizando as condições de trabalho. São por esses motivos que estamos nas ruas para mostrar a nossa indignação frente a tais afrontas!

Sindipetro/MG

 

Em assembleias, categoria petroleira está aprovando greve a partir do dia 17