Em defesa da vida, trabalhadores da Regap e Termelétrica Aureliano Chaves paralisam atividades Em defesa da vida, trabalhadores da Regap e Termelétrica Aureliano Chaves paralisam atividades

Diversos, Notícias | 22 de agosto de 2014

À zero hora desta sexta-feira, 22, os petroleiros da Regap e Termelétrica Aureliano Chaves cortaram a rendição do turno em protesto à falta de segurança no Sistema Petrobrás.

 Trabalhadores da Regap e Termelétrica

O movimento deu continuidade na entrada do HA e turno, às 7h30, com paralisação de duas horas. O atraso será realizado também às 15h30.

Paralisação de duas na entrada do expediente 

Santana, presente!!!

A morte do jovem operador, Antônio Rafael Santana, de apenas 26, vítima de uma explosão na Refinaria de Manaus (Reman) no último sábado, 16, foi o ápice para o movimento. Com 75% queimado, ele não resistiu e veio a falecer na última quarta-feira, 20.

Sindipetro/MG

 

Em defesa da vida, trabalhadores da Regap e Termelétrica Aureliano Chaves paralisam atividades