Após cobrança da FUP/Sindipetro MG, Petrobrás marca reunião para tratar PCAC dos inspetores de segurança interna Após cobrança da FUP/Sindipetro MG, Petrobrás marca reunião para tratar PCAC dos inspetores de segurança interna

Diversos, Notícias | 12 de dezembro de 2014

Após cobrança da FUP/Sindipetro MG, a Petrobrás agendou para o dia 18 de dezembro, às 15h, no Edise, uma reunião para tratar as mudanças na proposta da empresa de revisão do Plano de Cargos e Salários dos trabalhadores que atuam como Inspetores de Segurança Interna.

As principais reivindicações são: suspensão imediata da proibição de realização de concursos públicos para a SSP até 2018. A FUP quer também discutir o redimensionamento dos efetivos, já que o setor passa por um intenso e arriscado processo de terceirização.  Inclusão de dez ISI’s no proposta de avanço de nível, que não possuem o ensino médio completo e precisam ser reenquadrados. Alterações nas propostas de nova nomenclatura, nova matriz de competências e novas atribuições dos ISI’s, que devem estar vinculados ao Código Brasileiro de Ocupações (CBO) e à Lei 7.102, garantindo o controle operacional da atividade de segurança e vigilância patrimonial.

{edocs}boletim/inspetoreseguranca.pdf,600,900{/edocs}

Sindipetro/MG com informações da FUP

Após cobrança da FUP/Sindipetro MG, Petrobrás marca reunião para tratar PCAC dos inspetores de segurança interna