Níveis: após ocupação na Petros, reunião extraordinária é marcada para terça-feira, 16 Níveis: após ocupação na Petros, reunião extraordinária é marcada para terça-feira, 16

Diversos, Notícias | 13 de dezembro de 2014

Na quarta-feira, 10, cerca de 200 aposentados e pensionistas do Sistema Petrobrás voltaram a ocupar a sede da Petros, na Rua do Ouvidor, no Rio de Janeiro para cobrar o cumprimento do Acordo Coletivo de Trabalho, que garante o pagamento dos níveis de 2004, 2005 e 2006. Desta vez, a ocupação conduzida pela direção da FUP, foi na porta da fundação, onde toda diretoria e, a presidência da Petros, ficou impedida de passar, antes que os aposentados tivessem um posicionamento sobre o acordo.

Como era de se esperar, a Petros mais uma vez apresentou um empecilho para postergar a decisão sobre o pagamento. Desta vez, o presidente do Conselho Deliberativo informou que apesar da assessoria jurídica contratada pelo fundo de pensão, para emitir um parecer externo sobre os impactos do pagamento dos níveis, ainda faltam alguns esclarecimentos sobre algumas questões relativas ao acordo.

Após muita resistência e pressão da FUP e dos aposentados e pensionistas, que permaneceram na porta da Petros até o fim da tarde, o Conselho Deliberativo da Petros, que tentou marcar uma reunião ordinária para o dia 19/12, cedeu e, anunciou nova reunião extraordinária para a próxima terça feira, 16/12, para tratar especificamente desta pauta.

O coordenador da FUP, José Maria Rangel, convocou os aposentados e pensionistas e todos os sindicatos filiados à federação a comparecerem novamente à sede da Petros.

Participaram da ocupação aposentados e pensionistas do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Duque de Caxias, Norte Fluminense, Minas Gerais, Bahia, São Paulo e Amazonas, Rio Grande do Norte e Ceará. 

Relembre:

No último dia 28, após pressão da Federação, o Conselho Deliberativo aprovou a contratação de um escritório jurídico para realizar um parecer externo sobre os impactos do pagamento dos níveis. Na ocasião, a FUP, junto com os aposentados e pensionistas, ocupou a sala de reunião do Conselho, exigindo a aprovação do acordo, independentemente do parecer. Os conselheiros concordaram em realizar uma reunião extraordinária nesta quarta-feira, 10, para se posicionarem sobre o acordo.

altalt

alt

FUP

 

Níveis: após ocupação na Petros, reunião extraordinária é marcada para terça-feira, 16