Setorizadas na Usina de Biodiesel Darcy Ribeiro nos dias 4 e 5 Setorizadas na Usina de Biodiesel Darcy Ribeiro nos dias 4 e 5

Diversos, Notícias | 3 de março de 2015

Temos acompanhado de perto o desejo da oposição e da grande imprensa em destruir a Petrobrás. Há meses, a empresa vem ganhando destaque nas capas e editoriais dos principais veículos de comunicação, cujo intuito é denegrir sua imagem. Por trás de tudo isso, há interesses que vão desde à privatização até a eleição presidencial de 2018.

A categoria petroleira já enfrentou outros momentos difíceis, como a tentativa de entregar o nosso petróleo às multinacionais durante o governo FHC. Fomos às ruas e apoiados pelo povo brasileiro, não permitimos a transição da PETROBRÁS para PETROBRAX.

A mesma oposição conservadora, que sempre dominou a política brasileira, quer voltar à força e aos berros ao poder. Então, agora, não é o momento de recuar. Temos consciência da importância estratégica da Petrobrás para o desenvolvimento do país e que o pré-sal está no centro da disputa econômica. Existe por parte da oposição, uma tentativa de mudar o sistema de exploração do pré-sal. Atualmente, a  Petrobrás é a operadora única em todos os campos. Entretanto, o que o mercado quer, é a volta do modelo de concessão, onde a exploradora é decidida em leilão. Por isso, devemos derrubar qualquer possibilidade que possa fomentar o retorno  deste modelo,  que é um retrocesso. A Petrobrás é e deve continuar ser, operadora única. Não há dúvidas de que o regime de partilha é o sistema que garantirá a autossuficiência do Brasil na exploração e produção de petróleo, além do investimento na saúde e educação.

Por isso, os diretores Gildo Almeida e Leopoldino Martins estarão na Usina de Biodiesel Darcy Ribeiro nos dias 4 e 5 de março. Vamos discutir formas de mobilização para revertermos o processo de destruição da empresa comandada pela direita, a mídia golpista e os interesses internacionais. Contamos com todos!

Nós, petroleiros, temos que ser favoráveis a punição de todos aqueles que roubaram a Petrobrás. Mas não podemos cair no discurso que a mídia quer passar, de uma empresa fracassada, cuja salvação é privatizá-la. Portanto, vamos às ruas defender uma Petrobrás 100% estatal e pública; lutar pela garantia dos empregos, próprios e terceirizados e combater a privatização.

QUARTA-FEIRA, 4, ÀS 15H30 E 23H30

QUINTA-FEIRA, 5, ÀS 7H30

Sindipetro/MG

Setorizadas na Usina de Biodiesel Darcy Ribeiro nos dias 4 e 5