Com quem você está? Com quem você está?

Diversos, Notícias | 8 de abril de 2016

Desde o resultado da eleição presidencial de 2014, em que Aécio Neves não aceitou a derrota, estamos vivendo um clima de FLA x FLU. Nos dias de hoje, temos os favoráveis e os contra o golpe à presidenta Dilma Rousseff. Têm também os que ficam indecisos, que acabam ficando indiferentes ao que ocorre à sua volta. Mas a divisão é clara, e é sobre ela que vamos falar.

Alguns apoiadores do golpe:

1. Eduardo Cunha é a favor do golpe porque, num possível governo Temer, espera livrar a si próprio, a esposa e a filha da prisão por ter milhões de dólares de propina no exterior;
2. Temer apoia o golpe porque espera ganhar o poder sem ter sido eleito para isso;
3. José Serra apoia o golpe para viabilizar a entrega do pré-sal à petroleira americana Chevron e suas irmãs multinacionais;
4. A FIESP de Paulo Skaf e outras entidades patronais patrocinam o golpe com dinheiro público para tirar os direitos dos trabalhadores e, inclusive, apoiam o programa do PMDB , “Uma Ponte para o Futuro”, que fala em privatizações;
5. Também envolvidos em escândalo de corrupção, Aécio, Alckmin e José Serra, derrotados pelo PT nas últimas eleições para presidente querem o golpe para inviabilizar a candidatura de Lula em 2018. Com isso, acham que conseguirão a vitória.
6. Os donos da imprensa apoiam o golpe, porque esperam que um governo sob o comando de Temer, salve suas empresas da concorrência da internet e, por meio do dinheiro público, ajude a quitar suas dúvidas bilionárias;
7. Parte do PMDB apoia o golpe porque está atolado na Operação Lava Jato. Em um governo Temer conseguiriam anular as investigações;
8. Os cantores Lobão, Roger e o ator Alexandre Frota apoiam o golpe numa tentativa desesperada de salvar suas carreiras decadentes;
9. Aparentemente, o governo Obama ficou indiferente ao golpe, mas trabalha ajudando a Operação Lava Jato e outras manifestações contra Dilma;
10. O “Movimento Brasil Livre” (MBL), o “Vem pra Rua” e o “Revoltados On Line” são a favor do golpe. Mas não quiseram mostrar de onde vem o dinheiro que patrocina os movimentos que eles comandam;
11. O PSTU é o único partido de esquerda que apoia o golpe.

Alguns que combatem o golpe:

1. Quase todas as entidades sindicais, como a CUT e CTB, que representam os trabalhadores, são contra o golpe, defendem a democracia e são contra a retirada de direitos dos trabalhadores;
2. Intelectuais de diversas universidades brasileiras assinaram manifesto contra o golpe;
3. O cantor e compositor Chico Buarque, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Beth Carvalho e Tico Santa Cruz se declararam contra o golpe;
5. Diversos atores e atrizes, entre eles Letícia Sabatella e Wagner Moura, são contra o golpe;
6. Miguel Nicolelis, considerado um dos 20 maiores cientistas do mundo pela revista Scientific American, é contra o golpe;
7. Os países integrantes do Mercosul são contra o golpe;
8. Os movimentos sociais como: o MST, MAB, MTST, Marcha Mundial das Mulheres, UNE, Levante Popular da Juventude, UJS, entre outros, são contra o golpe;
9. O secretário geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luís Almagro Lemes, se declarou contra o golpe;
10. Oito mil advogados, juristas e professores de Direto assinaram um manifesto contra o golpe;
11. O grupo universidade pela democracia, formado por mais de 70 comitês estudantis, estão trabalhando contra o golpe;
12. Entidades evangélicas e a CNBB assinaram manifesto contra o golpe;
13. Quase todos os partidos de esquerda são contra o golpe,
14. Mais de 4 mil professores universitários divulgaram uma carta aberta à comunidade acadêmica internacional denunciando a tentativa de golpe.

Com quem você está?

Com Paulo Skaf e as entidades patronais, Eduardo Cunha e o cantor Lobão? Ou com as entidades sindicais que representam os trabalhadores, cantores e compositores como Chico, Caetano e Tico Santa Cruz? Se você quer manter suas conquistas e lutar por um Brasil mais democrático, não tenha dúvidas, seu lado é contra o golpe.

Sindipetro/MG

Com quem você está?