Domingo, 17: vigília e ato contra o golpe Domingo, 17: vigília e ato contra o golpe

Diversos, Notícias | 13 de abril de 2016

O próximo domingo, dia 17, data da votação do impeachment na Câmara dos Deputados, será certamente um dia histórico para a classe trabalhadora brasileira. Para além de um partido, de uma mulher ou de um governo, está em risco as nossas conquistas e a ainda frágil, jovem e contraditória democracia.

Nesse momento, é imprescindível ocuparmos as ruas do país. Temos que nos mobilizar para expressar o nosso repúdio à clara tentativa de derrubar uma presidenta eleita democraticamente sem quaisquer motivos legais. Falando em português claro: temos que barrar o GOLPE! Para quem ainda não se comoveu com a defesa da democracia, pense ao menos no que você pode perder com a saída de Dilma e a ascensão de um verdadeiro projeto neoliberal e conservador no próximo período. Nós, petroleiras e petroleiros, certamente estaremos na primeira linha de tiro!

ACAMPAMENTO EM BRASÍLIA

Movimentos populares, centrais sindicais, entidades estudantis, coletivos de cultura e de comunicação estão em Brasília acampados desde o último domingo, 10.

O objetivo é reunir o maior número possível de pessoas numa grande frente de resistência ao impeachment. Para fortalecer a luta, o Sindipetro/MG disponibilizou um ônibus para levar mais manifestantes. A estimativa é que até o dia da votação, cerca de 200 mil estejam na capital federal.

VIGÍLIA DEMOCRÁTICA EM BH

Em Belo Horizonte, a concentração para o ato será a partir das 14h, na Praça da Estação. Contamos com a presença da categoria petroleira, aposentados e ativa, familiares e amigos, para juntos, protestarmos em defesa da democracia e dizer em alto e bom som:

NÃO VAI TER GOLPE!

Sindipetro/MG

Domingo, 17: vigília e ato contra o golpe