Insegurança na Petrobrás mata terceirizado na Bacia de Campos Insegurança na Petrobrás mata terceirizado na Bacia de Campos

Diversos, Notícias | 23 de maio de 2016

Um petroleiro morreu na tarde de hoje, na plataforma PCH-2, na Bacia de Campos. Movimentador de cargas da empresa RIP Serviços Industriais, Vitor Geraldo Brito, 29 anos, caiu de um piso de 12 metros de altura e não resistiu ao impacto.

O Sindipetro-NF vai ser representado pelo diretor Wilson Reis na comissão de investigação do acidente. O grupo deve embarcar na terça, 24, na unidade marítima.

Ao mesmo tempo em que manifesta as suas condolências à família do trabalhador neste momento de dor, o sindicato condena a insegurança no trabalho, que tem levado a centenas de mortes, mutilações e adoecimentos na Bacia de Campos nos últimos anos.

As vítimas mais frequentes da insegurança do trabalho são os petroleiros das empresas privadas do setor petróleo, que prestam serviço à Petrobrás.

Sindipetro-NF

Insegurança na Petrobrás mata terceirizado na Bacia de Campos