E você, de que lado está? E você, de que lado está?

Opinião | 6 de outubro de 2017

carimbo2Como a maioria já deve saber, a campanha salarial deste ano talvez seja uma das mais difíceis da história da categoria petroleira. Além de estarmos vivendo sob um golpe político, onde nenhum direito está assegurado, somos uma das poucas categorias a negociar uma pauta de reivindicações cheia.

E a luta neste ano vai muito além do Acordo Coletivo de Trabalho. Ela é sobre o direito ao emprego e à retomada da Petrobrás como empresa indutora do desenvolvimento nacional e do crescimento da economia por meio do retorno em investimentos na indústria brasileira e, consequentemente, na geração de empregos.

Por isso, é muito importante saber: de que lado da luta você está? Do lado da empresa, que atualmente representa a privatização, o desmonte, os acidentes e a retirada de direitos? Ou do lado dos trabalhadores que, mais do que nunca, precisam se unir e se mobilizar para garantir a manutenção de seus empregos e direitos?