Acidentes expõem insegurança nas  unidades da Petrobrás em Minas Acidentes expõem insegurança nas unidades da Petrobrás em Minas

Diversos, Notícias, Tribuna Livre | 27 de outubro de 2017

regap-petrobras-1Em três dias, as unidades da Petrobrás em Minas Gerais registraram mais dois acidentes com risco para os trabalhadores. Um deles aconteceu no dia 19 de outubro na Termelétrica Aureliano Chaves, onde um técnico de manutenção sofreu uma lesão no rosto durante atividade em esmeril da oficina da unidade.
Após ter ciência do ocorrido, o sindicato contatou de imediato a gerência local, que confirmou o evento e repassou informações preliminares sobre o acidente. O técnico de manutenção foi atendido pelo Setor Médico da Regap, sendo liberado de volta ao trabalho após avaliação médica.
A Termelétrica registrou uma Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT) e abrirá uma comissão para investigar o acidente.

Regap

Já no último domingo (22), um novo acidente foi registrado na Regap, sendo o quarto desde agosto deste ano.
Houve um flecheamento de fogo na linha de topo da torre de destilação a vácuo 02, que estava liberada. O princípio de incêndio foi rapidamente controlado pelos operadores que trabalhavam na parada de manutenção.
As causas do acidente ainda serão investigadas, mas o Sindipetro/MG alerta para a importância de que os trabalhadores estejam em boas condições de trabalho, ou seja, sem estarem fazendo jornadas excessivas como tem ocorrido em quase todas as refinarias do País em função da falta de efetivo. Isso é fundamental para garantir a segurança de todos os trabalhadores e da comunidade do entorno em acidentes como esse.

Acidentes expõem insegurança nas  unidades da Petrobrás em Minas