#OcupaCUT discute papel da juventude na política, com participação dos petroleiros #OcupaCUT discute papel da juventude na política, com participação dos petroleiros

Diversos | 30 de novembro de 2017

juventude-petroleiraPara marcar os 20 anos do Coletivo da Juventude, o “Ocupa CUT: juventude fazendo história”a contece até esta quinta-feira (30) em São Paulo. Com a presença de jovens de mais de 22 estados e 18 ramos, a atividade conta com formação política, preparação para a greve nacional no dia 5/12, e atividade cultural.

A juventude petroleira está presente com representações do Norte Fluminense, Duque de Caxias, Minas Gerais e de vários outros estados, que enviaram jovens sindicalistas e militantes para o Encontro.

A secretária Nacional da Juventude da CUT, Edjane Rodrigues, explicou a importância da juventude da CUT se organizar neste momento de retrocessos na política brasileira. “Nossos direitos trabalhistas já foram tirados, agora querem mexer na nossa aposentadoria. Se a Reforma da Previdência for aprovada, prevista para ser votada no próximo dia 6, nós nunca iremos saber o que será a aposentadoria. Vamos trabalhar até morrer?”, conta Edjane.

“A juventude precisa estar unida para continuar lutando em defesa dos direitos dos trabalhadores e das trabalhadoras, do campo e da cidade deste país”, complementou Edjane sobre a importância deste encontro para a preparação da greve nacional no próximo dia 5.

Segundo Edjane, que também é agricultora familiar da base da CONTAG, “vivemos num período em que a juventude é a principal afetada com o governo golpista. Seja também no número de desempregados, que pode chegar a 13,1% entre os jovens, seja na retiradas de direitos que tangem o acesso ao ensino superior, com ProUni, Fies e etc”.

O #OcupaCUT começou na terça-feira (28) com uma ampla programação, que, além de mesas de discussão sobre conjuntura, desafios da juventude, comunicação, genocídio da juventude negra, conta com um ato show em defesa dos direitos da juventude com a presença de Ana Cañas, que convidou o ex-prefeito Haddad para tocar com você, Preta Rara e Slam das minas de SP.

#OcupaCUT discute papel da juventude na política, com participação dos petroleiros