Imposto sindical deve ser autorizado pelo trabalhador Imposto sindical deve ser autorizado pelo trabalhador

Diversos, Notícias, Tribuna Livre | 26 de fevereiro de 2018

Em comunicado divulgado aos empregados no dia 15 de fevereiro, a Petrobrás informou que os trabalhadores, sindicalizados ou não, deverão acessar o Botão Compartilhado para que possam optar pelo recolhimento do imposto sindical para a entidade que os representam. O trabalhador que desejar contribuir com seu sindicato deve autorizar o desconto pela intranet até o dia 11 de março.

A não contribuição foi autorizada pela Reforma Trabalhista aprovada no ano passado de forma a prejudicar areceita dos sindicatos e desmobilizar a organização dos trabalhadores.

Até então, todos os trabalhadores contribuíam de forma compulsória com os sindicatos de suas categorias com o valor correspondente a um dia de trabalho.

No caso do Sindipetro/MG, o percentual do imposto sindical destinado ao Sindicato era devolvido integralmente aos trabalhadores da ativa sindicalizados que solicitassem a restituição.

Agora, a lei permite que o imposto sindical seja facultativo e o Sindicato reforça a importância da contribuição dos trabalhadores para a manutenção da luta e pede que eles cliquem no botão compartilhado para continuarem contribuindo com a entidade.

É importante ressaltar que, mais do que nunca, a categoria precisa estar
unida para impedir a retirada de direitos da classe trabalhadora e fazer frente ao desmonte da Petrobrás. E os sindicatos são o principal instrumento de organização dessa luta.

Imposto sindical deve ser autorizado pelo trabalhador