Brigada petroleira volta a Brasília em defesa do pré-sal Brigada petroleira volta a Brasília em defesa do pré-sal

Diversos, Notícias, Tribuna Livre | 17 de agosto de 2018

brasiliaO calendário de atividades dos petroleiros nas próximas semanas está voltado para a defesa da democracia, soberania dos direitos do povo trabalhador brasileiro e contra a privatização da Petrobrás. A brigada petroleira, como está sendo chamada a comitiva formada por diretores sindicais filiados à FUP, percorre os corredores do Senado, conversando com os parlamentares e suas assessorias.

Apesar da conquista no dia 07/08, quando, por pressão dos petroleiros, o Senado retirou o requerimento de urgência os Projetos de Lei Complementar que liberam a venda das distribuidoras da Eletrobrás e de 70% dos cinco bilhões de barris de petróleo que a Petrobrás contratou via cessão onerosa do pré-sal, os projetos podem voltar à pauta para serem votados no início do próximo mês. Por isto, a brigada retoma as atividade em Brasília no dia 28/08.

Confira o calendário de luta das próximas atividades da FUP:

Dia 20/08 – Plataforma Operária e Camponesa para Energia

Participação no Seminário Compromissos com o Povo Brasileiro para a Soberania Energética, em São Paulo (Auditório da Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo – Apeoesp), que tem como objetivo debater a realidade dos setores elétrico e petróleo e construir propostas populares para a política energética.

Dia 21/08 – Reunião da direção da FUP

Dia 27/08 – Preparação para audiência pública no STF

Reunião do Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas, no Diap (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar), visando organizar as intervenções dos movimentos sindical e popular, intelectuais e assessores, na futura audiência pública do STF, sobre privatizações.

Dia 28/08 – Audiência no Congresso Nacional

Com o objetivo de tratar das resoluções da CGPAR (Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da União), com destaque para a Resolução 23, a qual, se for seguida, extinguirá a AMS da Petrobrás em 2019.

Dias 28, 29 e 30/08 – Retomada da brigada petroleira

Com a possibilidade de votações de entrega do pré-sal no Senado, se faz necessária a retomada das atividades da brigada petroleira para realizar intervenções juntos aos senadores.

Fonte: FUP

Brigada petroleira volta a Brasília em defesa do pré-sal