Replan apressa partida das unidades Replan apressa partida das unidades

Diversos, Notícias, Tribuna Livre | 23 de agosto de 2018

A Refinaria de Paulínia (Replan) já começou a se preparar para o processo de partida operacional. O plano é iniciar o procedimento em até 48 horas. Segundo relatos que chegaram ao Sindicato Unificado dos Petroleiros do Estado de São Paulo (Sindipetro Unificado-SP), a gestão da empresa estaria sofrendo pressão da ANP (Agência Nacional de Petróleo) e, dessa forma, decidiu apressar o procedimento para retomar a produção.

Inicialmente, a refinaria vai operar de forma parcial, já que duas unidades (uma de craqueamento e outra de destilação) foram atingidas pela explosão e o incêndio, ocorridos na madrugada de segunda-feira (20). A operação levará alguns dias para ser normalizada.

Diretores do Unificado passaram o dia na refinaria, conversando com os trabalhadores. A maior preocupação, no momento, é garantir a segurança do efetivo no processo de partida das unidades. Tanto o Sindicato quanto os trabalhadores consideram fundamental para a segurança de todos que as áreas sinistradas sejam totalmente isoladas. A empresa, entretanto, quer fazer o fechamento parcial.

Os dirigentes sindicais também defendem que sejam feitos esclarecimentos de como trabalhar com duas unidades a menos. O Sindicato aguarda ainda a resposta da empresa quanto à solicitação de uma reunião com o gerente geral da refinaria.

Estoques

Em relação aos estoques, a direção do Unificado levantou junto aos trabalhadores que as reservas de gasolina e diesel estão normais, mas o volume de GLP (gás de cozinha) está um pouco baixo. A Replan já estaria estudando a possibilidade de trazer gás de outras refinarias para garantir que não haja desabastecimento na região de Campinas.

[Via Sindipetro Unificado de São Paulo]

Replan apressa partida das unidades