Atenção aos aposentados pelo INSS a partir de outubro de 2008: prazo para revisão do benefício é de 10 anos Atenção aos aposentados pelo INSS a partir de outubro de 2008: prazo para revisão do benefício é de 10 anos

Diversos, Notícias, Tribuna Livre | 4 de outubro de 2018

petrobrasPetroleiros aposentados a partir de outubro de 2008 correm risco de perder direito à revisão de benefício do INSS. Isso porque as ações para revisão de benefício só podem ser ajuizadas até dez anos após a aposentadoria, sob pena de perda do direito aos valores retroativos.

Se julgada procedente, a ação pode implicar no aumento do valor do benefício do INSS e também apurar valores retroativos aos últimos cinco anos.

Em algumas ações ajuizadas pelo Sindipetro/MG, os beneficiários chegaram a receber até R$ 100 mil em valores retroativos.

Além disso, o aumento do valor da aposentadoria pelo INSS implica na redução do benefício pela Petros e, consequentemente, também reduz a parcela cobrada dos assistidos da empresa a título de equacionamento do déficit do Plano Petros 1.

O contrato de prestação de serviços jurídicos para este tipo de ação prevê pagamento de honorários pelo sindicalizado somente em caso de êxito. Ou seja, caso o processo seja julgado improcedente, não será cobrado nenhum valor do associado.

Atendimento

O departamento jurídico do Sindipetro/MG mantém plantões previdenciários presenciais na sede do Sindicato às sextas-feiras, das 10h às 18h. O atendimento pode ser feito por ordem de chegada, mas terão preferência as pessoas que agendarem previamente.

O agendamento pode ser feito pelo telefone (31) 2522-9802 ou pelo e-mail juridico@sindipetromg.org.br.

Leia também:

Sindipetro/MG vence ações de aposentadoria especial contra INSS