8 de março: mulheres vão às ruas em luta por direitos 8 de março: mulheres vão às ruas em luta por direitos

Diversos, Eventos, Notícias, Tribuna Livre | 28 de fevereiro de 2019

A Frente Brasil Popular e blocos de Carnaval de Belo Horizonte estão construindo um grande ato no dia 8 de março – Dia Internacional da Mulher. Neste ano, a manifestação terá como eixos centrais a denúncia do assassinato da vereadora Marielle Franco – que completa um ano em 14 de março e ainda não foi desvendado.

Também denunciará o lucro acima de qualquer coisa, exemplificado pela tragédia da Vale em Brumadinho, que no dia 25 de janeiro matou centenas de pessoas e deixou mais uma rastro de destruição por Minas Gerais. Até hoje, os bombeiros trabalham na buscas pelos corpos soterrados na lama da barragem de rejeitos de mineração que se rompeu na cidade.

Por isso, o mote do ato será “Mulheres em Luta, o Lucro não Vale a Vida” e vai denunciar também o projeto conservador e neoliberal abraçado pelo governo de Jair Bolsonaro que reforça as injustiças sociais, expõe ainda mais a vida dos trabalhadores a riscos constantes e visa apenas o lucro de grandes empresas.

“Nós, mulheres, sabemos que a vida vale mais que o lucro. Estamos vivas e fortes, com os pés firmes no chão, as mãos dadas com nossas irmãs e olhar fixo no dia do fim de todas as cercas. Nossos corpos não são mercadoria: eles vibram, pulsam e trabalham pelo fim de toda exploração”, afirmam os organizadores.

O Sindipetro/MG apoia e estará presente no 8 de março. Também convida todas as petroleiras e petroleiros a participar da luta pelos direitos das mulheres e por uma sociedade mais justa e menos desigual. Saiba mais no link do evento no Facebook.

8 de março – Mulheres em Luta, o Lucro não Vale a Vida
Concentração: Praça Raul Soares, centro de BH
Horário: 17 horas