Petroleiros fazem atraso e participam de ato em defesa da educação Petroleiros fazem atraso e participam de ato em defesa da educação

Diversos, Notícias, Tribuna Livre | 16 de maio de 2019

Petroleiros de todo o Brasil fizeram atos e atrasos em apoio à Greve Nacional da Educação, que aconteceu na última quarta-feira (15) em todo o País.

Em Minas, a categoria realizou um atraso de duas horas na portaria da Regap, em Betim, com participação da diretora do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG), em Contagem, Patrícia Pereira. O ato também denunciou a privatização do refino, anunciada recentemente pela direção da Petrobrás.

Além disso, os petroleiros também participaram de um grande ato organizado por estudantes e educadores e que levou mais de 200 mil pessoas às ruas de Belo Horizonte contra o corte de verbas da educação pública anunciado pelo governo Jair Bolsonaro.