Ministério Público do Trabalho fiscalizará assembleias dos empregados da Petrobrás Ministério Público do Trabalho fiscalizará assembleias dos empregados da Petrobrás

Notícias, Tribuna Livre | 1 de outubro de 2019

Na última sexta (27), a FUP participou de uma reunião com a Coordenadoria Nacional de Promoção da Liberdade Sindical da Procuradoria do Trabalho (Conalis) onde tratou da negociação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) com a Petrobrás e do processo de mediação no TST.

A FUP enfatizou a pouca duração do processo de mediação e o fato de nunca ter havido uma reunião entre entidades sindicais e Petrobrás. Destacou ainda as práticas antissindicais da empresa, destinadas a coibir a liberdade de expressão dos trabalhadores em suas próprias assembleias.

Diante das denúncias, ficou acertado que, por solicitação dos sindicatos, o Ministério Público do Trabalho vai acompanhar as futuras assembleias que venham a ser realizadas ao longo do processo de negociação do ACT.

Leia mais: