Petrobrás abre terceiro PDV em menos de seis meses Petrobrás abre terceiro PDV em menos de seis meses

Diversos, Notícias, Tribuna Livre | 2 de outubro de 2019

Em menos de um mês, a Petrobrás lançou dois programas de demissão voluntária (PDV) – em uma clara estratégia de esvaziar a empresa antes de concluir os processos de privatização em aberto. O mais recente dos programas é destinado exclusivamente aos trabalhadores do segmento corporativo da empresa.

Com esse novo plano, a estatal demonstra que a estratégia de redução de pessoal não se limitará ao corte de empregados das unidades a serem vendidas, como é o caso de oito das 13 refinarias da companhia. Agora, a estratégia se volta ao quadro da holding – o que reforça a fala do gerente executivo de Gestão de Pessoas (ex-Recursos Humanos), Cláudio Costa, que, em fevereiro deste ano, afirmou que não haveria espaço na Petrobrás para manter todo o quadro atual de trabalhadores. “Dá pra absorver todo mundo? Não, não dá. Algumas pessoas não ficarão na companhia. Dá pra absorver todo mundo que aqui está? Não, algumas pessoas não ficarão. Algumas vão poder decidir por escolha própria não permanecer na companhia, os programas virão aqui para ajudá-los nesse processo decisório”.

Outros dois PDVs estão abertos na Petrobrás. Um deles é destinado aos funcionários das unidades em processo de privatização e desmobilização. Outro é direcionado aos petroleiros aposentados ou com possibilidade de aposentadoria até junho de 2020. Com todos esses programas, a expectativa é que o quadro de pessoal da empresa (atualmente de pouco mais de 60 mil funcionários) seja reduzido a menos da metade nos próximos três anos.

Leia mais:

Fonte: Sindipetro/MG