Sindipetro/MG convoca assembleias para rejeição da proposta do TST para o ACT Sindipetro/MG convoca assembleias para rejeição da proposta do TST para o ACT

Diversos, Notícias, De que lado você está?, Tribuna Livre | 7 de outubro de 2019

O Sindipetro/MG convoca os trabalhadores da Regap e Termelétrica Aureliano Chaves para assembleias entre os dias 8 e 17 de outubro para rejeição da proposta do Tribunal Superior do Trabalho (TST) para o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT).

O indicativo de rejeição da proposta do TST tem como objetivo a continuidade das negociações, seja por meio de mediação do Tribunal ou em mesa com a Petrobrás.

Veja aqui o edital na íntegra 

Além da rejeição, os petroleiros também devem avaliar nas assembleias os itens da proposta do TST que a FUP e seus sindicatos consideram que precisam ser negociados, tais como: a vigência do Acordo Coletivo, a questão da AMS e das horas extras e a promoção de pleno para sênior.

Também será ponto de pauta o condicionamento da assinatura do ACT – em caso de eventual aprovação da proposta – à assinatura dos acordos das subsidiárias e da Araucária Nitrogenados, e o indicativo de greve a partir de 26 de outubro.

Veja aqui a proposta completa do TST

Dessa vez, as assembleias acontecerão na sede do Sindipetro/MG (avenida Barbacena, 242, Barro Preto – Belo Horizonte) e o Sindicato vai fornecer o transporte aos trabalhadores saindo da portaria da Regap e retornando à empresa ao final das assembleias.

Porém, no caso da assembleia de terça-feira (8), o transporte será fornecido pela empresa, conforme comunicado enviado aos trabalhadores na manhã desta segunda-feira (7). Diante disso, o sindicato orienta aos trabalhadores do G3 e HA a utilizarem o transporte da Petrobrás na assembleia de 8 de outubro.

Em razão do deslocamento, as assembleias terão primeira e segunda chamadas (sendo a segunda, 30 minutos após a primeira).

Veja o quadro de assembleias:

Leia mais: