Petroleiros realizam ato unificado no Rio de Janeiro Petroleiros realizam ato unificado no Rio de Janeiro

Diversos, Notícias, Tribuna Livre | 17 de fevereiro de 2020

Nesta terça-feira (18), petroleiros e petroleiras de todo o Brasil estarão reunidos no Rio de Janeiro para realização de um ato unificado em frente à sede da Petrobrás. A partir de hoje, caravanas de trabalhadores estão partindo de vários estados com objetivo de defender a estatal.

Em Minas Gerais, o Sindicato dos Petroleiros (Sindipetro/MG) organiza caravana com trabalhadores, familiares, apoiadores e representantes de diversos movimentos sociais, que seguirão rumo ao Rio em apoio à greve nacional dos petroleiros.

Já são 17 dias de intensa luta da categoria, em uma mobilização que envolve 21 unidades em 13 estados do país. Mais de 21 mil petroleiros estão em greve, em um universo de aproximadamente 33 mil trabalhadores nas áreas operacionais da empresa.

Bicicletaço
No domingo (16), foi dia de Pedal da Resistência. Ciclistas percorreram a orla da Lagoa da Pampulha, em Belo Horizonte, em apoio à greve nacional dos petroleiros

Panfletagem
No sábado (15), petroleiros entregaram exemplares do jornal Brasil De Fato no bairro Eldorado, em Contagem, com o objetivo de conscientizar a população sobre as consequências negativas da venda da Petrobrás.

Greve
Iniciada há 18 dias, a greve dos petroleiros já é a maior da categoria desde a histórica greve de 1995. Desta vez, a categoria protesta contra a demissão em massa e sem negociação de mil trabalhadores, efetivos e terceirizados, da Araucária Nitrogenados/ Fertilizantes Nitrogenados do Paraná (ANSA/Fafen-PR), e alerta sobre os prejuízos causados pela privatização do Sistema Petrobrás. Em Minas, o movimento teve início em 31 de janeiro e conta com 90% de adesão dos setores operacionais da Termelétrica de Ibirité (UTE-Ibirité) e Refinaria Gabriel Passos (Regap).

 

Petroleiros realizam ato unificado no Rio de Janeiro