Perseguição: Diretor do Sindipetro Ceará tem contrato de trabalho suspenso Perseguição: Diretor do Sindipetro Ceará tem contrato de trabalho suspenso

Diversos, Notícias, Tribuna Livre | 25 de maio de 2020

Em uma atitude de perseguição a um dirigente sindical, marca da atual gestão da empresa, a Petrobrás suspendeu o contrato do petroleiro e sindicalista Wagner Fernandes e afirmou que, por ter estabilidade sindical, deverá ajuizar ação para demissão por justa causa.

A desculpa usada pela empresa é patética, críticas que o Fernandes fazia em rede social contra uma outra empresa “parceira”. As centrais, federações e outros sindicatos já foram informados.

Em áudio enviado a toda a categoria, o presidente do Sindipetro CE/PI, Iran Gonçalves, diz ser uma atitude “fascista e criminosa que tem consonância com o que pensa o Governo Federal”. A assessoria jurídica do Sindipetro CE/PI já tomou providências.

Via Sindipetro CE/PI

Perseguição: Diretor do Sindipetro Ceará tem contrato de trabalho suspenso