Petrobrás ignora cobrança da FUP de prorrogação do ACT e divulga reunião de negociação sem consultar sindicatos Petrobrás ignora cobrança da FUP de prorrogação do ACT e divulga reunião de negociação sem consultar sindicatos

Diversos, Notícias, Tribuna Livre | 24 de junho de 2020

Passados 50 dias desde que a FUP cobrou a prorrogação do Acordo Coletivo de Trabalho, sem que tivesse tido até hoje qualquer retorno da Petrobrás sobre a solicitação, fomos surpreendidos por documento da empresa, enviado ontem à noite (23), convocando para reunião de negociação do ACT nesta quinta, 25. Além disso, a Gerência de Recursos Humanos, de forma unilateral, divulgou aos trabalhadores expectativas de um calendário de negociação, que sequer foi discutido com as entidades sindicais.

Não houve nem mesmo uma consulta prévia à FUP, apesar da empresa saber que os sindicatos estão realizando os congressos regionais para discutir a pauta de reivindicações que será deliberada na segunda quinzena de julho, durante o 18º CONFUP. Nesta quinta-feira, 25, a FUP e seus sindicatos, inclusive, já tinham agendado um Conselho Deliberativo.

Diante disso, a FUP informou ao RH da Petrobrás sobre a impossibilidade de participar da reunião e propôs o adiamento para o dia 30 de junho. Lembramos à empresa que no dia 04 de maio a FUP havia solicitado formalmente, através do documento DNE 033/2020, a prorrogação até novembro do Acordo Coletivo, reivindicação que foi reiterada posteriormente pela entidade no DNE 035/2020 e no DNE 052/2020. Nenhum dos documentos foi respondido pelo RH, nem mesmo na reunião virtual de Acompanhamento do Acordo Coletivo.

Veja o documento enviado à Petrobras nesta quarta: