VITÓRIA DA DEMOCRACIA: Após denúncia no TRE, Sindipetro/MG garante direito ao voto dos petroleiros de Minas VITÓRIA DA DEMOCRACIA: Após denúncia no TRE, Sindipetro/MG garante direito ao voto dos petroleiros de Minas

Diversos, Notícias, Tribuna Livre | 14 de novembro de 2020

O Sindipetro/MG garantiu o direito ao voto dos trabalhadores em turno das unidades da Petrobrás em Minas Gerais, após ajuizamento de processo judicial no Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Depois de emitidas decisões favoráveis ao pedido da categoria na Justiça Eleitoral de Betim e Montes Claros, o Sindicato foi informado que as unidades operacionais decidiram promover o revezamento de trabalhadores de turno para permitir que todos possam votar.

A reclamação surgiu a partir de determinação da gestão da Petrobrás de impedir o voto dos petroleiros de Minas Gerais, ao não adequar as tabelas de turno para que os trabalhadores possam votar. Além de ilegal, a ação desrespeita o histórico da empresa de liberar os trabalhadores para votarem.

De acordo com o diretor Guilherme Alves, “essa é uma grande vitória da categoria petroleira e da democracia sobre a gestão bolsonarista da Petrobrás. Agora é preciso valorizar o nosso voto e eleger candidatos comprometidos com a luta em defesa da Petrobrás e contra a privatização das estatais”, afirma o diretor.

O Sindipetro/MG orienta que os trabalhadores entrem em contato com diretores do Sindicato caso sejam coagidos a não votar ou verifiquem resistência da gestão local para garantir a realização do voto. As denúncias serão encaminhadas à Justiça Eleitoral para que sejam tomadas as devidas providências.