Juiz de Fora: Sindipetro pede adiamento da entrega de atestados devido à falta de prevenção à Covid-19 por parte das clínicas Juiz de Fora: Sindipetro pede adiamento da entrega de atestados devido à falta de prevenção à Covid-19 por parte das clínicas

Diversos, Notícias, Tribuna Livre | 11 de dezembro de 2020

O Sindicato dos Petroleiros de Minas Gerais (Sindipetro/MG) solicitou a gerência-geral da Usina Termelétrica de Juiz de Fora o adiamento do prazo de entrega do Atestado de Saúde Ocupacional dos trabalhadores, de dezembro de 2020 para 2021. A mudança foi solicitada por meio de ofício enviado nesta sexta-feira (11).

O requerimento se deve às denúncias de que os exames estão sendo realizado em clínicas que não atendem às medidas necessárias para prevenção à Covid-19. Sendo que os encaminhamentos estão sendo realizados pela própria empresa.

A pandemia não acabou e a prevenção ao contágio ainda é necessária. De acordo com o Boletim Municipal desta quarta-feira, dia 09, da Prefeitura de Juiz de Fora, a cidade resgistou divulgou que mais sete mortes pela COVID-19, totalizando, até o momento, 368 vítimas desde o início da pandemia.

Além disso, a cidade chegou a 10.856 casos confirmados, sendo 212 novos casos somente nesta semana e o índice geral de ocupação de UTI está próximo a 80%.

Assim, os números registram que a cidade ainda vive um momento crítico em relação à pandemia e que as medidas de prevenção não devem ser relaxadas ou relativizadas.

Abaixo, leia a íntegra do documento.

Oficio 070.2020 – Exames Periodicos JF – 11.12.2020.doc (1)