Sindipetro/MG convoca assembleias para greve em defesa da vida e dos direitos da categoria Sindipetro/MG convoca assembleias para greve em defesa da vida e dos direitos da categoria

Diversos, Notícias, Publicações, Tribuna Livre | 20 de fevereiro de 2021

Diretoria do Sindicato consulta categoria petroleira sobre movimento contra ataques da atual gestão da Petrobrás

O Sindipetro/MG convoca a categoria petroleira a participar das assembleias para deliberar sobre a deflagração de greve por tempo indeterminado a partir do próximo dia 28, em defesa dos direitos dos petroleiros e da segurança nas unidades da Petrobrás em Minas Gerais. As assembleias serão realizadas entre os dias 21 e 25 de fevereiro, com os trabalhadores da Refinaria Gabriel Passos (Regap) e Usina Termelétrica de Ibirité (UTE-IBT).

O indicativo de greve está relacionado a uma pauta de reivindicações pleiteadas pela categoria, resultado de meses de desrespeito e ataques aos direitos e à vida da categoria petroleira.  

As pautas elencadas envolvem uma série de impasses sobre demandas não respondidas pela gestão da Petrobrás, que insiste em implementar um verdadeiro pacote de maldades à categoria. 

Confira abaixo a pauta de reivindicações: 

1-     Recomposição de efetivo

2 – Retorno ao número mínimo anterior ao O&M

3 – Manutenção das atividades executadas por trabalhadores próprios – Fim da terceirização das atribuições e tarefas inerentes aos cargos do quadro de trabalhadores próprios da Petrobrás

4 – Minuta da tabela de turno

5 – Não alteração de THM durante parada de manutenção

6 – Realização de periódico durante a jornada de trabalho

7- Anulação das punições aplicadas à trabalhadores em razão a participação da greve de fevereiro de 2020

8 – Regulamentação do teletrabalho

9 – Reembolso das horas indevidamente descontadas em janeiro 2021 em descumprimento do acordo realizado no TST decorrente da greve de fevereiro de 2020

10 – Falta de medidas adequadas de prevenção ao novo coronavírus em razão da aglomeração excessiva de trabalhadores próprios/terceirizados agravados pelas paradas de manutenção.

11 – Interrupção e estorno das cobranças abusivas realizada na AMS.

Agora é greve!

Em Minas, as assembleias para que os petroleiros e petroleiras se posicionem sobre o indicativo de greve serão realizadas entre os dias 21 e 25 de fevereiro, conforme tabela abaixo. Os encontros serão presenciais e seguirão protocolos de segurança contra o contágio da Covid-19. 

Participe das assembleias! O momento exige a participação de todos nas assembleias e na construção de mais uma forte mobilização da nossa categoria.

Leia aqui o edital retificado e completo: Edital de Convocacão de assembleia (retificado)