Justiça defere pedido de liminar do Sindipetro/MG referente aos descontos abusivos da AMS Justiça defere pedido de liminar do Sindipetro/MG referente aos descontos abusivos da AMS

Diversos, Notícias, Tribuna Livre | 4 de maio de 2021

A Justiça do Trabalho deferiu o pedido do Sindipetro/MG pela suspensão dos descontos abusivos realizados pela Petrobrás e pela Petros nos contracheques dos aposentados e pensionistas. Na decisão, a juíza determina que a empresa volte a respeitar o limite de desconto de 13% da margem consignável, sob pena de multa diária de R$ 5 mil. 

Com a decisão divulgada na última segunda-feira (3), a juíza Karla Santuchi, da 2ª Vara do Trabalho de Betim, determinou o retorno imediato ao percentual máximo de 13% da margem consignável para todos os aposentados e pensionistas de nossa base.

O Sindipetro/MG acredita que s situação estará regularizada no próximo contracheque e informa que continuará lutando na defesa dos direitos e defesa dos aposentados e pensionistas, assim como de toda a categoria petroleira.

Acesse a liminar deferida pelo link abaixo:

Liminar_Deferida_ACP_Sindipetro_MG_x_Petrobrás_Descontos_Abusivos

Justiça defere pedido de liminar do Sindipetro/MG referente aos descontos abusivos da AMS