FUP cobra da Petrobrás a implementação das conquistas do ACT 2013/15 FUP cobra da Petrobrás a implementação das conquistas do ACT 2013/15

Diversos, Notícias | 11 de dezembro de 2013

Atendendo a solicitação da direção da FUP, a Petrobrás respondeu,  em reunião realizada nesta terça-feira, 10, às cobranças da Federação em relação à implementação das conquistas do ACT 2013/15, principalmente,  quanto aos benefícios do Programa  da AMS.

Confira os pontos  debatidos na reunião:

Implantação da AMS na TBG –A empresa comprometeu-se a implantar o programa da AMS para os trabalhadores da TBG, até junho de 2014.

Reembolso do Auxilio Cuidador no PAE (Programa de Assistência ao Excepcional) e para os beneficiários acima de 60 anos de idade– A empresa afirmou que na primeira quinzena de janeiro de 2014, o  reembolso de até um salário mínimo nacional,  para o auxílio cuidador, estará implantado, mediante a comprovação da dificuldade de mobilidade do beneficiário, de acordo com os critérios adotados pelo INSS.

Implantação do novo PASA (Programa de Assistência de Saúde aos Aposentados) – A empresa informou que o novo programa já está sendo implantado  em Salvador (BA), e que até 31 de janeiro de 2014 estará implantado nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. Nas demais capitais o novo programa será implantado gradativamente durante o ano de 2014.

Fornecimento de glicofitas – A empresa informou que o fornecimento mensal das 100 glicofitas, para os beneficiários da AMS, que tem diabetes será realizado até a  primeira quinzena de janeiro de 2014, mediante reembolso através do pequeno risco da AMS.

Reajuste das Tabelas para tratamentos odontológicos –  Os reajustes das novas tabelas serão aplicados a partir de janeiro de 2014 com pagamento retroativo a 01 de novembro de 2013.

Novo Plano 28 –  O desconto dos procedimentos classificados como pequeno risco, que anteriormente eram pagos integralmente pelo beneficiário titular, passará a ser custeado 50% pela empresa e 50% pelo usuário. O valor do desconto mensal do grande risco passara para 159,14 por beneficiário. Estes novo custeio do Plano sera aplicado a partir de janeiro de 2014 retroativamente à setembro de 2013.

Novas tabelas de custeio – As novas tabelas de custeio do programa da AMS (pequeno risco, grande risco e PAE ) com as novas faixas de renda,  serão implementadas a partir de janeiro de 2014, retroativamente a setembro de 2013.

Novo Benefício Farmácia –  A empresa informou que até 31 de janeiro de 2014, será implantado o novo Benefício Farmácia.

APH (Assistência Pré Hospitalar) – A direção da FUP cobrou a extensão deste benefício, que já funciona nas cidades  de Salvador e Lauro de Freitas (BA), com grande aceitação dos beneficiados, para as demais capitais. A empresa comprometeu-se em analisar a proposta e, na primeira reunião da comissão de AMS, prevista para ocorrer em março de 2014, irá responder esta cobrança.

Restabelecimento Convênio INSS X Petrobrás – A direção da FUP cobrou, mais uma vez, a realização da reunião tripartite entre a FUP, Petrobrás e INSS para o restabelecimento do convênio. A empresa informou que na próxima sexta-feira, dia 13, na reunião  sobre o regramento da PLR dará uma resposta a esta cobrança da Federação.

Auxílio Almoço – A direção da FUP cobrou a implementação do direito da opção do empregado transformar o auxílio almoço em auxílio refeição e alimentação. A empresa informou que até junho de 2014 o direito de opção e o  pagamento do auxílio escolhido estará disponível.

FUP

FUP cobra da Petrobrás a implementação das conquistas do ACT 2013/15