1º de Maio de Luta! 1º de Maio de Luta!

Diversos, Notícias | 30 de abril de 2015

A conjuntura nacional requer disposição para luta. Por isso, o nosso 1º de maio não será de festa, e sim, de protesto. O Projeto de Lei 4330/2004, que agora será tramitado no Senado, é uma ameaça para as conquistas da classe trabalhadora. Se aprovado, veremos a terceirização ceifar anos de batalha por melhores condições de emprego e renda.

O mês de abril foi marcado por manifestações em nível nacional contra o PL da Terceirização. Milhares foram às ruas, mas a luta ainda não acabou. Conscientes dos prejuízos que a terceirização provoca, temos que ampliar o debate com a população. É necessário que todos os brasileiros saibam dos riscos que estão correndo caso o PL 4330/2004 vire lei. E para que isso aconteça, é de suma importância que a esquerda se una e saia às ruas e nas redes sociais para dialogar. Sem a união dos movimentos sociais e sindicais, será impossível conscientizar os brasileiros.

A nossa categoria conhece na prática todos os riscos e malefícios oriundos da terceirização. Não nos faltam exemplos para dizer porque somos contra o PL 4330. Temos visto no dia a dia, a terceirização assassinar pais de família, colegas de trabalho, e, quando não tira a vida, deixa marcas eternas. Sem alternativa, vemos terceirizados se renderam aos salários baixos e às jornadas excessivas, atreladas à falta de treinamento.

Ao todo, o Sistema Petrobrás possui 86.108 concursados. Em contrapartida, 360.180 são terceirizados. Isso nos mostra que para cada trabalhador próprio, temos quatro subcontratados. Se aprovado, o PL 4330/2004 permitirá que todas as atividades da Petrobrás sejam terceirizadas. Com isso, o número de funcionários próprios tende a acabar, já que a realização de concurso público será liquidada.

Sendo assim, não é hora de recuar. Neste 1º de maio, Dia do Trabalhador, vamos ocupar as ruas de Belo Horizonte para mostrar nossa capacidade de mobilização em defesa dos nossos direitos, contra o PL da Terceirização e em defesa da Petrobrás. A concentração do ato está marcada para às 10h na Praça Afonso Arinos, onde sairemos em passeata até à Praça Sete. E, desde já, vamos nos preparar para mais uma paralisação nacional, prevista para o dia 29 de maio, rumo à greve geral. 

MANIFESTAÇÃO

Contra o PL 4330, rumo à greve geral e em defesa da Petrobrás

Dia 1º de Maio

Concentração às 10h na Praça Afonso Arinos com passeata até à Praça Sete.

Você, petroleiro, é peça chave nesta luta!

Sindipetro/MG

1º de Maio de Luta!