Em primeira reunião com a Petrobrás, categoria é afrontada Em primeira reunião com a Petrobrás, categoria é afrontada

Diversos, Notícias | 4 de setembro de 2015

Na primeira reunião convocada pela Petrobrás, que aconteceu nessa quinta-feira, 3, para tratar a Pauta Política apresentada há dois meses, os representantes FUP foram surpreendidos. A direção da empresa comunicou que a campanha reivindicatória não será mais realizada coletivamente, em uma mesa unificada com as subsidiárias. A intenção é fatiar a negociação com reuniões por subsidiárias, por meio de uma comissão com três representantes das áreas de negócio, onde o RH Corporativo ficará em segundo plano.

A FUP repudiou veementemente esse ataque à organização sindical e reafirmou que a prioridade da categoria neste momento é a discussão da Pauta pelo Brasil. Os representantes da categoria retiraram da reunião, reafirmando que os petroleiros farão o que for preciso para impedir o desmantelamento do Sistema Petrobrás e qualquer tentativa  de diferenciação entre os seus trabalhadores. 

Pauta pelo Brasil

  • Por uma política de SMS que garanta o direito à vida e rompa com o atual modelo de insegurança que já matou 16 trabalhadores só este ano
  • Pelo fortalecimento da Petrobrás como empresa integrada de energia, através da manutenção da BR Distribuidora e incorporação da Transpetro
  • Para que as riquezas do pré-sal sejam exploradas pela Petrobrás, em benefício do povo brasileiro
  • Contra a venda de ativos e pela conclusão das obras do Comperj, da Refinaria Abreu e Lima e da Fafen-MS
  • Pela preservação da política de conteúdo nacional, com construção de navios e plataformas no Brasil

Acesse a íntegra da Pauta pelo Brasil

com informações da FUP

Em primeira reunião com a Petrobrás, categoria é afrontada