1º de Maio histórico em Curitiba 1º de Maio histórico em Curitiba

Diversos, Notícias, Tribuna Livre | 3 de maio de 2018

1demaio1Dia do Trabalhador e da Trabalhadora em Curitiba teve ato nacional unificado com as sete maiores centrais sindicais brasileiras – CUT, Força Sindical, CTB, NCST, UGT, CSB e Intersindical, na Praça Santos Andrade (Praça da Democracia) onde mais de 40 mil trabalhadores e trabalhadoras se aglomeraram para pedir a liberdade de Lula e a volta dos direitos dos trabalhadores.

Juntamente com pessoas vindas de todo Brasil, os petroleiros estiveram presentes e também levantaram bandeiras de luta que unificam todos os trabalhadores e trabalhadoras. A categoria petroleira foi representada pelo Sindipetro PR/SC, Sindiquímica PR e Federação Única dos Petroleiros.

“Pela primeira vez temos um ato de 1º de Maio unitário desde o surgimento de todas as centrais sindicais. E é importante destacar isso porque somente Lula foi capaz de nos unificar. Estão todos aqui unidos em defesa de Lula, em defesa da classe trabalhadora”.

Segundo Vagner, a única chance de retomar a democracia no país e resgatar os direitos trabalhistas é “garantir a liberdade de Lula para que ele se torne novamente o presidente do Brasil”.

“Dizer Lula Livre, inocente e nosso presidente é o maior instrumento de luta que os trabalhadores têm para terem de volta os direitos retirados pelo governo golpista de Temer. Por isso só sairemos daqui de Curitiba com Lula em liberdade”. disse o presidente da CUT, Vagner Freitas

Lula manda mensagem para o povo brasileiro neste 1º de Maio: “Sabemos que esse Brasil é possível, por isso, a esperança não é apenas um desejo, é algo que buscamos na nossa luta democrática todos os dias. Viva o 1º de Maio”.

Fonte: FUP

1º de Maio histórico em Curitiba