Entidades se posicionam contra a venda da Copasa Entidades se posicionam contra a venda da Copasa

Diversos, Notícias, Tribuna Livre | 5 de junho de 2020

Diante da ameaça de privatização da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) representada pelo Governo Zema, várias entidades mineiras se uniram para manifestar repúdio à iniciativa.

Na sexta-feira (5), foi divulgada a carta Em Defesa da Copasa que traz como questionamento “A quem interessa a venda da Copasa”.

O texto afirma ainda que o governo mineiro segue a linha do Governo Bolsonaro e seu Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salle, responsável pela afirmação de que a pandemia é uma “oportunidade” para “ir passando a boiada e mudando todo o regramento e simpli­cando normas [ambientais] (…) de baciada”.

Além do Sindicato dos Petroleitos de Minas Gerais (Sindipetro/MG), assinam a carta: SOS –Vargem das Flores, Frente Brasil Popular, Coletivo Com Elas, Saúde e Solidariedade – Contagem, Aprovargem, Conectando a Cidade, PT – Sindi-UTE, Sindágua-MG, Apua, Ação Coletivo Alvorada, Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), Fedração Única dos Metalúrgicos (FEM), Central Única dos Trabalhadores (CUT), Coletivo Resistência Lula Livre de MG, Sindicato dos Metalúrgicos BH\Contagem e Região.

Leia o documento:

Carta em Defesa da Copasa – A quem interessa a venda da Copasa

Entidades se posicionam contra a venda da Copasa