Após pressão da categoria, Petrobrás inicia testes em massa em Minas Após pressão da categoria, Petrobrás inicia testes em massa em Minas

Diversos, Notícias, Tribuna Livre | 8 de junho de 2020

O Sindicato dos Petroleiros de Minas Gerais (Sindipetro/MG) foi informado pela base que a testagem em massa na Refinaria Gabriel Passos (Regap), em Betim, foi iniciada nesta segunda-feira (8).

A adoção do procedimento é uma vitória da categoria, que pressionou a gerência diante do cenário de aumento de casos no Brasil e de baixa testagem e alta subnotificação em Minas Gerais.

Em busca de mais informações sobre os testes, o Sindipetro/MG enviou novo ofício para as unidades do Sistema Petrobrás em Minas Gerais.

O sindicato questiona sobre o início do processo em cada unidade; pede informações sobre a estratégia para realização dos testes, bem como a frequência com que serão realizados; pergunta se tanto trabalhadores próprios quanto terceirizados são submetidos aos testes; e qual procedimento será adotado em relação aos casos positivos.

De acordo com o diretor Alexandre Finamori, há dois meses o Sindicato cobra a realização dos testes em massa. “Finalmente a empresa reconhece a necessidade de adotar a testagem em massa. Nossa cobrança agora é por mais esclarecimentos sobre a frequência dos testes e se vão abranger toda a categoria, incluindo as outras unidades de Minas e os terceirizados”, declara o diretor.

Cenários no Paraná e em São Paulo

Nesta segunda-feira (8) o Sindipetro PR e SC exigiu medidas urgentes na Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), considerada o maior foco de coronavírus em Araucária. De acordo com o boletim diário da Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), dos 109 casos positivos no município, 48 são da refinaria. O Sindicato quer a interdição e higienização dos ambientes.

No Litoral Paulista, já são três mortes por Covid-19 registradas na Refinaria Presidente Bernardes RPBC (Litoral Paulista). Segundo informações do Sindicato local, 50 funcionários testaram positivo e outros 18 estão classificados como casos suspeitos.

Abaixo, confira os ofícios citados na matéria:

Ofício 041.2020 – Testagem em Massa (PBIO – Usina de Biodiesel Darcy Ribeiro)

Ofício 040.2020 – Testagem em Massa (Usina Termelétrica de Juiz de Fora)

Ofício 038.2020 – Testagem em Massa (REGAP)

Ofício 039.2020 – Testagem em Massa (UTE Ibirité)

Após pressão da categoria, Petrobrás inicia testes em massa em Minas