Centenas de motoristas são beneficiados com gasolina mais barata no Dia Nacional de Luta por Preços Justos Centenas de motoristas são beneficiados com gasolina mais barata no Dia Nacional de Luta por Preços Justos

Diversos, Notícias, Tribuna Livre | 5 de março de 2021

Quatrocentos trabalhadores de aplicativos de entrega e mobilidade foram beneficiados hoje pela ação Combustível a Preço Justo, que vendeu gasolina ao preço de R$ 3,50 o litro. Sendo que a média está R$ 5,90 o litro na capital mineira. A ação foi subsidiada pelo Sindipetro/MG, pela CUT Minas e o Sindicato dos Bancários, Sindisep, Sindieletro, SindUTE, nesta quinta-feira, dia 04/03.

O primeiro a abastecer com o desconto foi Bruno Sartori. Motorista de aplicativo há três anos, ele diz que atualmente o preço da gasolina é seu “pior inimigo”.

“É o que mais pesa no orçamento. Hoje metade do dinheiro que faço fica no combustível. Pra quem trabalha no dia a dia, sabe que um pouco de economia já ajuda”, afirma o motorista.

O motoboy Felipe Zupo trabalha com aplicativos há mais de dez anos. Ele chegou ao local às 7h da manhã para garantir o combustível mais barato. Zupo conta que a situação desses trabalhadores já é precária e com o aumento da gasolina o ganho é muito pequeno. No entanto, ele tem expectativa que mais atividades como esta deem resultado.

“Com certeza essa é uma ação que vai nos ajudar. Tomara que mais ações como estas sejam feitas para abrir o olho da sociedade”, afirma o motoboy,

O coordenador do Sindipetro/MG Alexandre Finamori afirma que o sindicato pretende fazer outras campanhas pelos preços justos do diesel e do gás de cozinha, pensando nas famílias que estão em vulnerabilidade social.

Segundo Alexandre, o objetivo das campanhas é conscientizar a população sobre como o atual governo define a política de preços dos combustíveis com base no mercado internacional, e de que é possível mudar isso.

“Só neste ano a gasolina subiu 40%, porque o preço acompanha o dólar e o preço do barril internacional, que hoje é 60 dólares. Mas aqui no Brasil, o barril é produzido ao custo de 13 dólares. Esse preço de R$3,50 foi calculado com base na produção nacional, que é um preço justo para a população e ainda garante o lucro da empresa”, enfatiza o coordenador. 

Dia Nacional de Luta por Preços Justos

Para provar que é possível a população comprar gás de cozinha, gasolina e óleo diesel com preços justos, a FUP e seus sindicatos, com o reforço de outras categorias, realizam uma grande ação nacional de solidariedade nesta quinta-feira.

Em várias regiões do país foram  distribuídos cupons com descontos para abastecimento de combustíveis e compra de botijões de gás.