Servidores de BH se mobilizam contra reforma previdenciária

Servidores públicos municipais de Belo Horizonte podem entrar em greve contra o projeto de reforma previdenciária proposto pelo prefeito Fuad Noman (PSD).

O Sind-Rede, que representa os trabalhadores em educação da rede municipal de BH, convoca a categoria para uma paralisação no próximo dia 07/11 (segunda-feira), quando será realizado ato unificado das categorias de servidores de Belo Horizonte às 9h, na porta da Prefeitura.

Uma das justificativas apresentadas para o encaminhamento do projeto à Câmara Municipal de Belo Horizonte é a aplicação das novas regras definidas na reforma da previdência aprovada no governo Bolsonaro, em 2019. A proposta aumenta o tempo de serviço, reduz aposentadorias dos servidores e tira direitos adquiridos.

Os sindicatos que representam os servidores concursados temem que a aprovação do projeto aconteça a toque de caixa, num acordo com a maioria dos vereadores, fazendo com que os servidores percam a perspectiva de se aposentar com dignidade. O Sindipetro/MG se solidariza com os servidores municipais de Belo Horizonte na luta por seus direitos! 

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.