Petroleiros de Minas protestam no ato nacional contra os leilões do petróleo Petroleiros de Minas protestam no ato nacional contra os leilões do petróleo

Diversos, Notícias | 8 de setembro de 2013

Sob palavras de ordem e gritos de protesto, a categoria petroleira de Minas Gerais, juntamente com os petroleiros de todo país, lotaram a Avenida Paulista, principal centro comercial do Brasil, na última quinta-feira, 5. O ato, convocado pela FUP, contou com a participação dos companheiros do MST, do Movimento Estudantil, dos mais de 2 mil militantes do MAB, que estavam participando do encontro nacional na cidade de Cotia, interior de São Paulo, além de outros movimentos sociais.

A passeata percorreu desde a Praça Oswaldo Cruz, no início da avenida, até o escritório da Secretaria Geral da Presidência da República, onde foi entregue uma carta de repúdio aos leilões de petróleo, que afrontam a soberania nacional. O coordenador da FUP, João Antônio de Moraes, destacou a importância de impedir os leilões, como o do Campo de Libra, que está previsto para outubro. Ele ainda chamou a atenção do governo Dilma para o mal que os leilões poderão acarretar ao país. Além de Moraes, representantes dos Sindipetros, coordenadores do MAB, do MST e demais movimentos, também denunciaram os riscos que a privatização oferece ao desenvolvimento nacional e consequentemente aos brasileiros.

Sindipetro/MG

Petroleiros de Minas protestam no ato nacional contra os leilões do petróleo