Petroleiros de Minas iniciam assembleias com atraso na entrada do expediente Petroleiros de Minas iniciam assembleias com atraso na entrada do expediente

Diversos, Notícias | 23 de setembro de 2013

Conforme o indicativo do Conselho Deliberativo da FUP, os petroleiros do Grupo 3 e HA da Regap e Termelétrica Aureliano Chaves iniciaram na manhã desta segunda-feira, 23, as assembleias para referendar o calendário de luta. Além disso, os trabalhadores atrasaram em duas horas a entrada do expediente. A paralisação segue às 15h30 com o Grupo 2 e às 23h30 com o Grupo 1. Na quarta-feira, 25, às 07h30, será a vez do Grupo 4 e na sexta-feira, 27, às 07h30, o Grupo 5. 

Na Usina de Biodiesel Darcy Ribeiro, as assembleias começarão nesta terça-feira, 24, às 15h30 com o Grupo 2, às 23h30 com o Grupo 1. Já na quarta-feira, 25, às 15h30, será a vez dos trabalhadores do Grupo 3 e na quinta-feira, 26, às 07h30, o Grupo 4 e HA. Os companheiros do Grupo 5 estão convocados a participar em qualquer dia e/ou horário.

 

CALENDÁRIO DE LUTA INDICADO PELO CONSELHO DELIBERATIVO DA FUP

·         23\09 – início das assembleias com atrasos nas bases 

·         23\09 a 02\10 – realização de seminários de qualificação de greve

·         27\09 – seminário nacional em Fortaleza para discutir estratégias de luta em defesa dos campos terrestres da Petrobrás

·         30\09 – início do acampamento da FUP e de seus sindicatos em Brasília contra o leilão de Libra

·         03\10 – greve nacional dos petroleiros por 24 horas, pela campanha reivindicatória e contra o leilão de Libra e o PL 4330

·         07\10 – ato político com a classe artística no Rio de Janeiro contra o leilão de Libra

·         08\10 – reunião do Conselho Deliberativo da FUP onde será discutido o indicativo de nova greve no Sistema Petrobrás

·      17\10 – Dia Nacional de Luta contra o Leilão de Libra, com atos nas capitais do país. Esta data também é referência para indicativo da greve dos petroleiros

·         21\10 – Ato Público com participação de todas as centrais e movimentos sociais em protesto contra a realização do leilão de Libra

Sindipetro/MG

 

 

Petroleiros de Minas iniciam assembleias com atraso na entrada do expediente