Benefício Farmácia: Sindipetro/MG exige pleno funcionamento, além do recredenciamento das Drogarias Araújo Benefício Farmácia: Sindipetro/MG exige pleno funcionamento, além do recredenciamento das Drogarias Araújo

Diversos, Notícias | 3 de junho de 2015

Desde que houve a troca da operadora do Benefício Farmácia, os usuários das cidades de Betim e Contagem contam com farmácias fantasmas, pois as que teoricamente eram credenciadas, não estão atendendo. Com isso, os beneficiários estão tendo que comprar medicamentos com o próprio bolso, para depois solicitar o reembolso. Mas não é sempre que se tem o dinheiro para pagar na hora, fora que nem o reembolso a operadora está atendendo.

Essa situação tem levado muitos usuários ao constrangimento, uma vez que sem dinheiro, têm que deixar o remédio para trás. O Sindipetro/MG cobrou da gerência da Global e RH/AMS a resolução dos problemas. A resposta foi que até sexta-feira, dia 5, uma solução será dada para ambas as cidades.

Outra reivindicação apresentada pelos usuários foi o recredenciamento das Drogarias Araújo ao programa. Sobre esse assunto, a Global disse que está em processo de negociação.
A FUP e sindicatos, em reunião com o presidente da Petrobrás, Aldemir Bendine, na quinta-feira, 28, voltou a cobrar o pleno funcionamento do Benefício Farmácia nos mesmos moldes de antes.

PRAZO PARA RECREDENCIAMENTO VAI ATÉ 30 DE JUNHO

Por conta de todos os transtornos causados pela mudança de operadora, o prazo para o recadastramento dos usuários foi prorrogado para até o dia 30 de junho.

Sindipetro/MG

Benefício Farmácia: Sindipetro/MG exige pleno funcionamento, além do recredenciamento das Drogarias Araújo