Petroleiros de MG aprovam indicativo de greve Petroleiros de MG aprovam indicativo de greve

Diversos, Notícias | 18 de setembro de 2015

A categoria petroleira de Minas Gerais aprovou em assembleias o indicativo de greve por tempo indeterminado proposto pela FUP. Votaram os trabalhadores da Regap, Termelétrica Aureliano Chaves e Usina de Biodiesel Darcy Ribeiro, que com o percentual de mais de 60% decidiram pela adesão ao movimento nacional.

Diante da falta de respeito por ignorar a Pauta Política apresentada há mais de dois meses, a federação entende que é hora de os trabalhadores do Sistema Petrobrás irem à luta. A nova gestão, não tem medido esforços para colocar em prática o Plano de Gestão e Negócios, que já vem contabilizando a demissão de milhares de terceirizados. Além disso, o desmonte vem sendo anunciado, com a venda de ativos e corte de investimentos.

A Petrobrás vem tomado decisões de forma unilateral, sem negociar nenhuma proposta com a FUP. A reunião de abertura da campanha reivindicatória foi marcada por uma afronta, onde a empresa anunciou o desmembramento das negociações por subsidiária. Uma maneira de enfraquecer a organização sindical e, com isso, comprometer direitos igualitários para todos os trabalhadores do sistema. Outra bandeira de luta é barrar a entrega do pré-sal às multinacionais, que até o momento, a empresa não fez nada para coibir.

Portanto, vamos nos preparar para ir ao confronto a qualquer momento. A luta em defesa dos nossos empregos, direitos, da Petrobrás como operadora única do pré-sal e da soberania nacional necessita do engajamento de todos.

Clique aqui, para acessar a íntegra da Pauta Política, que está norteando a nossa campanha. Acompanhe diariamente os encaminhamentos pelos nossos meios de comunicação.

Sindipetro/MG

Petroleiros de MG aprovam indicativo de greve