Petrobrás: vamos às ruas em sua defesa! Petrobrás: vamos às ruas em sua defesa!

Diversos, Notícias | 2 de outubro de 2015

A fundação da Petrobrás, em 1953, não representou apenas o monopólio da exploração do petróleo. Ela foi o primeiro grito de independência do povo brasileiro. Um grito que nos permite, há seis décadas, sonhar com o presente e, principalmente, com o futuro do país. E isso incomoda. Incomoda os países que sempre foram colonizadores. Incomoda os brasileiros que acreditam que o progresso não é para nós. Após a tentativa frustrada de privatização da Petrobrás, os trabalhadores demonstraram que são parte viva da empresa. Não permitimos e nem permitiremos, que o petróleo brasileiro seja entregue às multinacionais. Temos plena consciência de sua importância para soberania do povo brasileiro. É assim que tem sido, e é assim que vai continuar, sendo.

Por isso, é necessário dar uma resposta. Ir às ruas é muito mais do que defender a democracia. Quando os trabalhadores e trabalhadoras ocupam as avenidas e praças das cidades, nós mostramos à elite que as nossas vitórias são frutos de muita luta, algumas até com sangue de nossos companheiros e companheiras. E nós devemos continuar essa luta. Em nome dos que foram, dos que são e dos que virão. Não se pode derrotar o sonho de uma pátria. O nosso sonho.
O ano político de 2015 tem sido agressivo. A direita resolveu que, para tomar o poder, é necessário jogar sujo. E é o que ela tem feito até então. Os entreguistas se dizem patrióticos, mas deles a história cuida. Afinal, se somos o que somos hoje é devido a quem? Aos entreguistas do século passado ou aos bravos lutadores da campanha “O Petróleo é Nosso”? O petróleo é nosso e continuará sendo, porque essa luta nunca acabou. É graças ao petróleo, e a Petrobrás, que o governo brasileiro consegue investir cada vez mais em saúde e educação. É graças ao petroleiro e petroleira, que nunca fraquejaram em suas lutas, que nunca se dão por vencidos, porque sabem que a Petrobrás é o que concretiza o sonho de milhares de brasileiros.

Assim, no dia 3 de outubro participaremos de dois atos na parte da manhã. O primeiro, às 9h, acontecerá na Pedreira Prado Lopes e comemorará os 62 anos da Petrobrás.
O segundo, com concentração a partir das 10h, na Praça da Rodoviária, onde sairemos em passeata, ao lado de todos os companheiros e companheiras da Frente Brasil Popular. Em defesa da democracia, da soberania do povo brasileiro e da Petrobrás e por uma nova política econômica.

Pisa ligeiro, quem não pode com a formiga, não assanha o formigueiro!

Sindipetro/MG

Petrobrás: vamos às ruas em sua defesa!