Minas contra o golpe: ato nesta quarta-feira, 16, a partir das 16h, na Praça Afonso Arinos Minas contra o golpe: ato nesta quarta-feira, 16, a partir das 16h, na Praça Afonso Arinos

Diversos, Notícias | 15 de dezembro de 2015

Nesta quarta-feira, 16, a classe trabalhadora e os movimentos sociais, comprometidos com a democracia, sairão às ruas do país em defesa do mandato da presidenta Dilma Rousseff.

O golpe anunciado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, com o aval do PSDB, DEM e grande imprensa não passará, e é isso que nós iremos anunciar para sociedade. O que querem fazer é criminalizar Dilma por uma falcatrua que ela não cometeu. As ditas pedaladas fiscais, cometidas não só no seu governo, não dão base para derrubar a presidenta. E nós sabemos que impeachment sem base legal é golpe.

Diferentemente de Eduardo Cunha, ela não está respondendo por crime algum. Esse golpe é um retrocesso na luta por direitos do povo brasileiro e uma ameaça para as conquistas da categoria petroleira. A Petrobrás está na mira dos golpistas e, sendo nós trabalhadores da empresa, vamos perder direitos e sofrer os danos desse processo. Portanto, a rua nos chama para mais um ato em defesa da democracia.

Vista o seu jaleco laranja e some-se aos militantes que estarão na Praça Afonso Arinos, a partir das 17h, para manifestar em Belo Horizonte. Convoque seus familiares, amigos e participe. Nós só sairemos vitoriosos se estivermos unidos.

#ForaCunha #NãoVaiTerGolpe

Sindipetro/MG

Minas contra o golpe: ato nesta quarta-feira, 16, a partir das 16h, na Praça Afonso Arinos