Ocupação na Usina de São Simão para barrar leilão Ocupação na Usina de São Simão para barrar leilão

Diversos, Notícias, Tribuna Livre | 25 de agosto de 2017

naoprivatizacaoMobilizados na luta em defesa das hidrelétricas da Cemig, movimentos sociais e sindicais que compõem a Plataforma Operária e Camponesa de Energia estão acampados em frente à Usina de São Simão. Eles denunciam que o leilão das usinas é mais uma tentativa de privatização do governo golpista de Temer.

Os movimentos também fizeram um ato na Usina de Miranda na semana passada e, por meio da criação da Frente Mineira em Defesa da Cemig, já conseguiram apoio do governo de Minas e de deputados.

Atualmente, o leilão está suspenso por meio de liminar. Porém, a União informou que irá recorrer, pois precisa do valor de R$ 11 bilhões para o cumprimento da meta fiscal. Seguindo a mesma linha, o governo Temer anunciou nesta semana a privatização da Eletrobrás – maior empresa do setor elétrico no Brasil.

Ocupação na Usina de São Simão para barrar leilão