Sindipetro/MG de cara nova Sindipetro/MG de cara nova

Diversos, Notícias, Tribuna Livre | 22 de setembro de 2017

logo-com-brancoA partir desta sexta-feira (22), o Sindipetro/MG está de cara nova! A reformulação da logomarca do sindicato traz um visual mais moderno e simples, mantendo o símbolo dos trabalhadores petroleiros (as) e dando mais valor ao laranja, cor que representa e é marca da categoria. A nova logo também marca a renovação na direção do sindicato, que neste ano tem como coordenador geral o petroleiro Anselmo Braga, e como diretores liberados os petroleiros Alexandre Finamori, que também é diretor da FUP, e Cristiano Almeida.

Além dos diretores citados, a Diretoria Colegiada do Sindipetro/MG é composta pelos petroleiros: Alas Castro, Aluízio Castro, Carlos Roberto, Cristiane Reis, Edson Ferreira, Eduardo de Sousa, Felipe Pinheiro, Joaquim Monteiro, Julionor Quintela, Leopoldino Martins, Letícia Staela, Márcia Nazaré, Edna Vieira, Orlando Carlos, Osvalmir de Almeida, Paulo Valamiel, Ronaldo Marques, Salvador Cantão, Thiago Marinho, Vinícius Costa e Wender Destro.

A partir deste mês de setembro, o Sindipetro/MG também firmou parceria com um novo escritório de advocacia, que fica responsável pelo departamento jurídico da entidade. Agora, o atendimento será feito pelo escritório Ferreira Marcondes e Advogados Associados, que já tinha um convênio com o sindicato para ações previdenciárias desde março de 2017.

O atendimento continuará sendo feito na sede do Sindipetro/MG com plantão jurídico nas segundas, quartas e sextas-feiras de 10h às 12h e de 13h às 18h. Já para esclarecimento de informações sobre processos ou agendamento de horários, a secretaria funcionará de segunda à sexta de 9h às 12h e de 13h às 18h. Com a mudança no jurídico, o atendimento às ações previdenciárias também passará a ser feito na sede do Sindipetro/MG.

Novo site

O Sindipetro/MG também lançou seu novo site, trazendo uma página com um visual novo, mais intuitiva e moderna para seus leitores. Investir na comunicação com os petroleiros e petroleiras de Minas Gerais é um dos objetivos desta nova gestão, que pretende unir ainda mais a categoria para fortalecer as lutas que vêm pela frente, como a luta contra a perda de direitos nas negociações do ACT 2017/2019 e contra a venda de ativos e privatização da Petrobrás.

Sindipetro/MG de cara nova