Compre um e leve dois: saldão nas Fafens Compre um e leve dois: saldão nas Fafens

Diversos, Notícias, Tribuna Livre | 28 de setembro de 2017

00-fafenEm uma venda casada, Pedro Parente anunciou no dia 11/09 a comercialização de duas unidades das Fábricas de Fertilizantes Nitrogenados, a Araucária Nitrogenados (Fafen-PR) e a da UFN-III, no Mato Grosso do Sul. O que significa a saída da estatal do setor. Sendo que a venda será feita em conjunto e o preço dos ativos da Fafen-PR é de zero real.

A Araucária Nitrogenados, antiga Ultrafértil, voltou ao sistema Petrobrás em 2013, após 20 anos na iniciativa privada. Sua privatização em 1993 já foi extremamente controversa, e no período em que esteve controlada por empresas como Fertipar, Fertifos, Cargill, Bunge e Vale Fertilizantes, nenhum investimento foi feito para aumentar a oferta de fertilizantes para a sociedade brasileira. Ao contrário, a unidade, que era praticamente nova e com um grande corpo técnico operacional, foi cada vez mais precarizada.

Em 2013, a Petrobrás pagou o equivalente a US$ 234 milhões em troca de ativos para a VALE, pela Araucária Nitrogenados. Além disso, investiu outros milhões de reais em manutenção e teve excelentes resultados operacionais em 2014 e 2015. Neste período, a FAFEN-PR foi a unidade que teve melhores resultados.

Em 2016, com o golpe sendo articulado no país, os resultados da unidade de Araucária decaíram e a fábrica parava com frequência devido à problemas de manutenção. Após o golpe e a assunção de “Pedro Prada Parente” à presidência da Petrobrás, a unidade só piorou seus resultados. Chegando ao recorde de tempo parado e a menor produção de sua história.

O Sindiquimica-PR recebeu nesse período uma séria denúncias de empregados da área comercial da empresa, sobre práticas questionáveis e deliberadas que fizeram com que a Araucária Nitrogenados perdesse clientes e deixasse de oferecer seus produtos no mercado. Diante de tudo isso o Sindicato fez no dia 06/09 uma denúncia ao Ministério Público de Trabalho (MPT-PR) que de pronto encaminhou ao Ministério Público Federal (MPF) e à Polícia Federal (PF) para que fosse investigado o que acontece na Fafen-PR. Por coincidência ou não, a Petrobrás anuncia o processo de venda das unidades cinco dias após a denúncia do Sindicato.

O agravante: Segundo a direção da Araucária Nitrogenados, após novo processo de desvalorização (impairment) acontecido em julho de 2017, a Unidade de Fertilizantes da Araucária Nitrogenados vale contabilmente ZERO REAIS (R$ 0,00). Ela será o brinde que irá junto com a UFN-III, que está 80% concluída.

O país hoje importa mais de 76% dos fertilizantes nitrogenados que é consumido. Um percentual grande para um governo que possui fábricas que estão sendo subutilizadas e agora doadas ao mercado internacional. A sociedade e trabalhadores não podem mais uma vez arcar com mais uma conta do golpe dado no país.

Fonte: FUP

Compre um e leve dois: saldão nas Fafens