Petroleiros fazem segunda paralisação contra privatização da Petrobrás Petroleiros fazem segunda paralisação contra privatização da Petrobrás

Diversos, Notícias, Tribuna Livre | 25 de maio de 2018

Os petroleiros de Minas fizeram mais uma paralisação na madrugada desta sexta-feira (25) na Refinaria Gabriel Passos, em Betim (MG). Essa é a segunda paralisação dos trabalhadores contra a privatização da Petrobrás e pela redução dos preços dos combustíveis no Brasil.

As paralisações da categoria fazem parte de uma preparação para a greve nacional dos petroleiros – que foi aprovada em todo o País no início de maio mas que ainda está sendo construída e não tem data de início marcada. A proposta é uma grande greve geral com controle da produção por parte dos trabalhadores.

Na manhã da última quarta-feira (23), os trabalhadores de turno e o pessoal de HA não entraram para trabalhar e se uniram à paralisação dos caminhoneiros – que fecharam os acessos de caminhões à Regap em manifestação pela redução do preço do óleo diesel.

O “esquenta” para a greve geral também está sendo realizado em todas as bases da Federação Única dos Petroleiros (FUP) em forma de mobilizações, atos e paralisações. Novos cortes de rendição aleatórios serão realizados ao longo dos próximos dias em Minas.

Já no dia 7, data do quarto leilão de blocos exploratórios de óleo e gás do pré-sal, serão realizados atos em defesa da Petrobrás em todas as bases da FUP.

Reivindicação

A principal reivindicação da greve que está sendo construída pelos petroleiros é o fim da política de privatização da Petrobrás – responsável pelo aumento indiscriminado dos preços dos combustíveis nos últimos meses. Entre fevereiro e maio deste ano, preço da gasolina e do diesel nas refinarias subiu em média 35%.

Petroleiros fazem segunda paralisação contra privatização da Petrobrás