Vitória da Chapa 1 – Unidade e Luta nas eleições do Sindipetro/MG Vitória da Chapa 1 – Unidade e Luta nas eleições do Sindipetro/MG

Diversos, Notícias, Tribuna Livre | 12 de maio de 2023

Após uma semana intensa de eleições, a categoria petroleira de Minas Gerais conhece enfim a nova Diretoria Colegiada e Conselho Fiscal do Sindipetro/MG. Com 96,5% dos votos válidos, a “Chapa 1 – Unidade e Luta” conquistou a confiança da categoria e foi eleita para conduzir o sindicato no próximo triênio (2023-2026). O petroleiro Guilherme Alves. A eleição atingiu um quórum de 52%. A posse da diretoria eleita está prevista para acontecer no dia 16 de junho. 

A “Chapa 1 – Unidade e Luta” se destacou com o compromisso da unidade da categoria petroleira no estado e por seu programa pautado na reconstrução da Petrobrás e dos direitos da categoria. Seus princípios incluem a independência e autonomia em relação a governos, partidos e patrões; a defesa da retomada da Petros e AMS aos interesses da categoria; o combate à extrema direita bolsonarista; e a busca por melhores condições de trabalho para todos os petroleiros, entre outros pontos fundamentais para a defesa de nossos direitos e valores.

Após a apuração dos votos, Guilherme Alves expressou a sua gratidão e honra pela confiança depositada na chapa. “Estou profundamente honrado e grato pela confiança depositada em nossa chapa. Essa vitória representa não apenas o reconhecimento do trabalho realizado até aqui, mas também a esperança de dias melhores para a categoria petroleira. Assumimos a direção do Sindipetro/MG com o compromisso de defender os direitos e interesses dos trabalhadores e fortalecer a luta em defesa da Petros e da AMS. Vamos também avançar na defesa da Petrobrás, na conquista de melhores condições de trabalho e na valorização de cada petroleiro” afirmou o novo coordenador geral do sindicato.

 

            Eleição foi abraçada por categoria

Com participação de 52% dos associados aptos a votar, a leitura a ser feita é de um saldo positivo, em que a categoria petroleira de Minas Gerais demonstrou, mais uma vez, estar comprometida com a construção de um sindicato forte e atuante. Cada voto depositado nas urnas representa a união e a força de uma categoria determinada em defender seus direitos e interesses. Os votos dos aposentados, em especial, representam a confiança para que esta entidade continue representando-os na luta por uma Petros e AMS fortes.

O Sindipetro/MG agradece a todos os associados, funcionários da entidade e mesários que atuaram como mesários, que participaram do processo eleitoral. Parabenizamos a “Chapa 1 – Unidade e Luta” pela vitória e desejamos sucesso em sua gestão. A união e participação de todos são elementos essenciais para a construção de um sindicato forte. Continuamos na luta pela valorização dos trabalhadores e pela defesa de nossos direitos.

O Sindipetro/MG estará sempre ao seu lado, representando e defendendo os interesses da categoria petroleira.

 

Diretoria Colegiada

  1. Guilherme Alves (Suprimentos) – Coordenador Geral da Diretoria Colegiada)
  2. Anselmo Braga (Regap/HDT)
  3. Alas Castro Marques Oliveira (Regap/DH)
  4. Alisson Cerqueira (Regap/DH)
  5. Bruno Henrique Ramos (Regap/COQUE)
  6. Carmen Lúcia Gonçalves (Regap/DH)
  7. Cristiano Almeida Pereira (Regap/QP)
  8. Dagoberto Scheffer Hertzog (Regap/SMS)
  9. Eduardo Miranda Lacerda (UTE-JF)
  10. Eugênio de Macedo (Regap/COQUE)
  11. Felipe Pinheiro Martins de Paiva (UTE-IBT)
  12. João Henrique de Souza (Regap/DH)
  13. Leonardo Auim (Regap/CCF)
  14. Márcia Marins (Regap/SMS)
  15. Paulo de Tarso Vieira (Regap/MA/EE)
  16. Rafael Geraldo de Queiroz (Regap/DH)
  17. Reinaldo Machado de Oliveira (Regap/HDT)
  18. Renan Ragone Diniz (PBIO)
  19. Samara Cristina Avelar (Regap/UT)
  20. Thiago Henrique Costa Silva (Regap/DH)
  21. Vitor Luiz Pereira Silva (Regap/DH)

Conselho Fiscal do Sindipetro/MG

  1. Eduardo de Sousa Guilherme (Aposentado)
  2. Leopoldino Ferreira de Paula Martins (Aposentado)
  3. Maria Edna Vieira (Aposentada)
  4. Nélio José da Silva (Aposentado)
  5. Nilo Santos Rodrigues (Aposentado)
  6. Ronaldo Marques Ferreira (Regap/SMS)