Calendário de Lutas inclui seminário e ato nacional para acabar com os equacionamentos dos planos de previdência Calendário de Lutas inclui seminário e ato nacional para acabar com os equacionamentos dos planos de previdência

Diversos, Notícias, Tribuna Livre | 10 de junho de 2024

 

O Calendário de Lutas para avançar na proposta de solução, que tem o objetivo de eliminar os equacionamentos dos Planos Petros do Sistema Petrobrás segue com a realização do Seminário Nacional, que ocorrerá nos dias 18 e 19 de junho, às 9 horas, no Hotel Atlântico Prime, Rua do Rezende, 87 Centro – Rio de Janeiro. E, no dia 20 de junho às 11 horas, acontecerá o grande ato nacional e o início da vigília na sede da Petrobrás, no Edifício Senado (Edisen), para cobrar o atendimento das propostas apresentadas pelo Fórum no GT.

Após a conclusão do GT-Petros e devido à urgência da conclusão e divulgação do relatório final do GT/PPE, que tratou dos equacionamentos dos PPSPs, as entidades que integram o Fórum em Defesa dos Participantes e Assistidos da Petros decidiram alterar as datas do Calendário de Lutas, no sentido de viabilizar a ampla divulgação do Relatório Final do GT e melhorar a participação de todas as lideranças e a militância das entidades no seminário, no ato nacional e na vigília.

 

INTEGRANTES DO FÓRUM EM DEFESA DOS PARTICIPANTES DA PETROS:
Federação Nacional dos Petroleiros (FNP)
Federação Única dos Petroleiros (FUP)
Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes Aquaviários e Aéreos, na Pesca e nos Portos (Conttmaf)
Federação das Associações de Participantes de Fundos de Pensão, Anistiados, Empregados e Ex-Empregados do Sistema Petrobrás e Petros (Fenaspe)
Associação de Mantenedores-Beneficiários da Petros (Ambep)