Petros suspende cobranças referentes ao equacionamento do PP-1 em Minas Petros suspende cobranças referentes ao equacionamento do PP-1 em Minas

Diversos, Notícias, Tribuna Livre | 21 de maio de 2018

petros-logoApós diversas cobranças indevidas, a Petros suspendeu o desconto das contribuições extraordinárias referentes ao equacionamento do déficit do Plano Petros do Sistema Petrobrás (PPSP) em Minas Gerais. A informação consta nos contracheques de participantes e assistidos do plano, disponibilizado pela empresa nesta segunda-feira (21).

A suspensão das cobranças atende a uma liminar obtida pelo Sindipetro/MG junto ao Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais no dia 26 de abril. Essa foi a segunda liminar expedida pela Justiça contra o desconto.

A primeira liminar contra as cobranças foi obtida pelo Sindicato no dia 28 de fevereiro deste ano, mas não foi cumprida pela Petros. Apesar da decisão ter sido protocolada na sede da companhia no dia 1° de março, a empresa continuou efetuando as cobranças em Minas.

Recurso

No dia 10 de maio, a Petros entrou com um agravo interno junto ao Tribunal de Justiça contra a última liminar obtida pelo Sindipetro/MG. Ainda não há previsão para que o recurso seja julgado (número do processo: nº 0398810-70.2018.8.13.0000).

Leia também:

Petros recorre contra liminar do Sindipetro/MG
Em reunião com a Previc, GT da Petros cobra suspensão do equacionamento do PP-1
Juízo da 28ª Vara Cível revoga liminar do Sindipetro/MG contra a Petros
Repactuados e não repactuados já estão em planos separados
Sindipetro/MG entra na Justiça contra cobrança indevida da Petros
Sindipetro Bahia conquista liminar: Petros deverá limitar o equacionamento

Sindipetro-NF notifica Petros sobre liminar que impede cobrança indevida do PP-1
Sindipetro/MG entra na Justiça contra cobrança indevida da Petros
Sindipetro/MG obtém liminar em processo sobre equacionamento do PP-1
Justiça mantém liminar do Sindipetro Unificado-SP que impede equacionamento do PP-1 pelo teto
Petros vai separar repactuados e não repactuados do Plano Petros-1
Petros quer cobrar equacionamento em março
Esclarecimento sobre o equacionamento do Plano Petros 1

Petros suspende cobranças referentes ao equacionamento do PP-1 em Minas